sexta-feira, 24 de junho de 2011

Joel diz que UNITED prefere a paixão nas canções do que se moldar à padrões mais amplos


O Jornal Sentinel, conhecido em Milwaukee, fez uma matéria referente a repercursão de Hillsong UNITED na América do Norte com a turnê tema do último álbum “Aftermath”, lançado no início desse ano.

Iniciando com a citação de um cantor de rock cristão que diz “Por que só o diabo pode ter música boa?”, o jornalista Piet Levy destaca as boas impressões de UNITED como o posicionamento de 17ºlugar no TOP 200 da Billboard.

O maior ponto da matéria é quando Joel Houston, líder da banda Hillsong UNITED, revela o posicionamento do ministério em relação à “ampla ignorância” que a mídia secular oferece ao UNITED.

“Porque é cristã, isso vai ser um pouco isolado e colocado em uma caixa, e está tudo OK”, diz Joel Houston. “Houve épocas no passado em que lutamos com a idéia de tentar moldar a nossa música de uma forma que iria se conectar a um público mais amplo do que aqueles que se sentam nos bancos [da igreja]. Mas para nós, é um caso de escrever canções que são fiéis ao que somos apaixonados.”

O jornalista também realça que a igreja Hillsong, a qual UNITED é conectada, contribui fortemente para sua popularidade, falando sobre a qualidade da banda.

“Além da missão implícita nas letras, você vai realmente encontrar a música acessível em “Aftermath”, sustentada pela guitarra em alta, cordas vibrantes, vocais emocionantes e trabalho profissional na bateria, elementos fora dos playbooks de U2 e Coldplay”, diz ele.

A matéria é concluída com trechos de Joel Houston e um destaque para as doações que são pedidas antes de cada show.

“Queremos ter certeza de que somos capazes de nos esticarmos em todas as capacidades”, disse Joel. “Minha esperança é que essas músicas falem com as pessoas que nunca pisaram em uma igreja ou que não tem nenhuma idéia sobre Deus ou religião, que possa ajudá-los a entender algo mais, ou pelo menos que façam perguntas.”

Obrigado, JS Online!

Fonte: EuAmoHillsong
Postar um comentário