segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Cristãos sofrem com perseguição de extremistas hindus


A Christian Solidarity Worldwide (CSW) está muito preocupada com as novas ameaças de violência vindas de extremistas hindus logo após a explosão de uma bomba, na qual o Nepal Defence Army (NDA) assumiu a responsabilidade.

Em 22 de novembro, uma bomba foi detonada na frente do escritório da Missão Kathmandu Unida (MNU), do Nepal, uma instituição de caridade cristã. Não houve vítimas ou danos no edifício.

De acordo com a imprensa, foram encontrados folhetos no local, que estavam sendo distribuídos por um membro do NDA, nomeado como Aditya. No dia 28 de novembro, outra bomba foi achada na frente do templo da Assembléia de Deus em Kupondole. A bomba foi desarmada e ninguém assumiu a autoria do ataque.

O líder da NDA, Ram Prasad Mainali, está cumprindo a pena de prisão perpétua, acusado de ter explodido a Igreja Católica de Assunção, em Kathmandu, em maio de 2009, na qual três pessoas morreram.

O NDA também assumiu a responsabilidade por um ataque que deu errado em abril de 2007 em um orfanato cristão e também de uma bomba que explodiu em uma mesquita em Biratnagar, em abril de 2009, onde duas pessoas morreram.

O governo do Nepal garantiu para a população que os recentes incidentes já estão sendo investigados e os responsáveis serão levados à justiça para receberem aquilo que merece. Por enquanto, nenhum suspeito foi preso.

Fonte: CSW
Tradução: Lucas Gregório (Portas Abertas)
Postar um comentário