sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Canção de Matt Redman alerta cristão sobre a questão tráfico humano


Músico gravou ao vivo no festival Passion vídeo de canção que defende a liberdade

No estádio coberto Georgia Dome, em Atlanta, uma multidão de mais de 43 mil estudantes universitários participaram do festival Passion 2012 no início de janeiro. O músico cristão Matt Redman aproveitou o evento para gravar o videoclipe de sua nova música de trabalho “27 million”.

A canção conta a emocionante história de uma garota do leste europeu, vendida para o comércio do sexo em Londres. Ele escreveu “27 million”, que é baseada em uma história real, como parte do esforço para conscientizar as pessoas do problema global do tráfico humano. O título da música refere-se aos cerca de 27 milhões de pessoas que estão em regime de escravidão hoje em dia. Em 27 de fevereiro, Redman fará o lançamento o videoclipe da música.

A letra forte e o refrão cativante parecem ter agradado imediatamente o público jovem. ”Temos que nos levantar abrir nossos olhos! / Seja a sua voz, a sua liberdade, vamos nos levantar! “A multidão presente no Passion pode ser vista no vídeo saltando e aplaudindo enquanto cantavam juntos a letra que fala sobre liberdade.

A canção tem a participação de Christine Caim, o fundador da organização cristã A21, que luta contra a escravidão: “Me surpreende, que não só o tráfico de seres humanos exista na Terra hoje em dia. O número de escravos alcançou o maio número da história da humanidade. É quase incompreensível”.

Eles pediram que a cantora britânica de hip-hop, Lindz Lucy se juntasse a eles na gravação da música. Lindz acrescenta um toque mais urbano, dizendo. ”Pessoas não são produtos/ são seres preciosos, como eu e você / é a filha ou a irmã, um alguém / sem voz, ela é escrava da noite”.

Matt Redman, o grupo Passion e Lindz Lucy estão engajados nessa campanha e esperam que os cristão de todo o mundo se juntem a eles. Em alguns países, como a Coréia do Norte, há verdadeiros campos de trabalho escravo que obrigam pessoas a trabalhar sem remuneração. Os motivos quase sempre são políticos ou religiosos. O tráfico sexual e de imigrantes é epidêmico e verdadeiras organizações criminosas são formadas para sua exploração. Os lucros com a venda do single ajudarão a campanha da ONG A21 .

Veja o vídeo sobre o making of da canção:


Traduzido e adaptado de Cristianity Today

Fonte: gospel Prime
Postar um comentário