quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Evangelho Urbano: Jovens usam as redes sociais para o Reino de Deus



O objetivo é acompanhar cristãos das grandes cidades para que eles não tenham seus valores corrompidos


Com o objetivo de usar as redes sociais para incentivar os cristãos das grandes cidades a não serem influenciados pela cultura secular, jovens da Igreja Batista Central de Fortaleza criaram o site Evangelho Urbano (EU) que tem como objetivo glorificar o nome de Jesus e impactar vidas.

O blog surgiu em uma conversa entre Felipe Mastrillo e Pedro Pamplona. “Acreditamos no poder das mídias sociais e da internet, mas acreditamos muito mais no poder de Jesus e do seu evangelho”, disse Mastrillo que explica que esse projeto quer mostrar aos leitores que o Evangelho é absoluto, irrevogável e eterno.

“Queremos também proclamar outra verdade bastante negligenciada: o evangelho não muda, mas nossa cultura sim. Isso significa que cada geração precisa tanto descobrir a verdade eterna do evangelho como descobrir como o evangelho pode ser relevante na cultura na qual vivemos”, disse o jovem.

Mastrillo explica em entrevista exclusiva ao Gospel Prime que o site Evangelho Urbano não tem ligação com a IBC, mas que os pastores apoiam esse projeto. “Todos os integrantes são membros da Igreja Batista Central e embora o blog não tenha um apoio direto (porque não é iniciativa da nossa igreja, mas dos membros) podemos dizer, sem sombra de dúvida, que o blog tem apoio sim da nossa igreja”.

Mas a intenção dos administradores do site não é apenas escrever textos com mensagens bíblicas, mas gravar testemunhos e postar e-books, além disso, eles desejam fazer campanhas com temas atuais e relevantes para ajudar os cristãos urbanos. “Queremos levantar algumas causa sociais de nossa cidade e lutar por elas. Queremos levar a Igreja ser relevante na sociedade”.

Por ser atualizado por jovens o EU pode sim ser acessado por jovens cristãos, mas não só por eles, pois a proposta é atender a todos os evangélicos que moram em cidades urbanas, mas sem usar uma linguagem agressiva para fazer com que os internautas se tornem apaixonados por Jesus Cristo.

Confira o projeto www.evangelhourbano.com.

Fonte: Gospel Prime
Postar um comentário