sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Lançado "The Undoing", primeiro trabalho solo de Steffany Gretzinger da Bethel.

Quem me conhece sabe o quanto sou admirador da música da Bethel Church (Igreja Betel) de Redding, na Califórnia. A vida apaixonada dos ministros Brian e Jenn Johnson, Steffany Gretzinger, Amanda Cook, Jeremy Riddle e tantos outros que fazem parte desse time, tem me influenciado de um modo realmente impactante. Na última segunda-feira (25/08) foi lançado o tão aguardado álbum "The Undoing" (traz o significado de 'A Ruína', ou 'O Desfazer'), primeiro de Steffany Gretzinger (ou Steffany Frizzell). São canções carregadas de um sentimento de intimidade, quebrantamento, transparência e espontaneidade que nos convidam a refletir sobre a realidade do relacionamento com Deus, a profundidade do Seu amor por nós e a simplicidade em viver esse amor.
"Eu te amava antes de você saber o que era amor. Eu vi tudo, ainda assim eu escolhi a cruz. Você foi o único em quem estava pensando quando me me levantei da sepultura..." "...Eu rasguei o véu para que você possa chegar perto, não há razão para ficar a uma distância mais, você não está longe de casa". (trecho da canção Out of Hiding [Father's Song], traduzido como "saia do esconderijo" [Canção do Pai]).
O álbum está disponível no Itunes e em outras lojas online dos E.U.A., Europa e Austrália. Provavelmente será lançado no Brasil dentro de pouco tempo pela ONIMUSIC, que é responsável pela distribuição dos álbuns com o selo da Bethel e Jesus Culture no Brasil. Acesse o hotsite para conhecer mais sobre a proposta do trabalho: http://bethelmusic.com/the-undoing/
Postar um comentário