sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Como anda a sua corrida?

Esses dias atrás estava correndo de manhã com um amigo (corrida mesmo, vida saudável e fitness.. Kkkk..), e enquanto corria observei algumas coisas, e Deus começou a falar ao meu coração sobre a minha corrida espiritual. Eu não tive muita dificuldade na corrida. Não me cansei muito rapidamente por causa de dois aspectos: Primeiro pela magreza extrema (rs..), que me dá facilidade nos movimentos. Talvez você se pergunte: "pra quê você corre se é tão magro como diz?" Pois bem. Ser magro não significa ser saudável muitas vezes. E qualquer tipo de atividade física realizada com a alimentação correta resultará em maior disposição pra suas tarefas cotidianas e melhorará sua qualidade de vida, além de te dar cada vez mais resistência, que seria justamente o segundo ponto que me fez ter uma performance melhor na corrida. Eu sempre caminhei bastante, isso me fez ganhar bastante resistência ao longo do tempo. Mas vamos voltar à corrida e ao que Deus me falou. Eu observei que muitas pessoas tinham dificuldades enquanto corriam, principalmente os gordinhos. Não se trata de nenhum preconceito, mas percebi que o ritmo deles era mais lento, dava pra ver que, de certa forma, era um pouco sofrida a corrida deles. Porque? Creio eu que seja devido ao excesso de gordura no corpo. Fazia com que se cansassem mais rápido e não obtivessem um bom desempenho. E nós sabemos que entre os diversos fatores que acarretam o excesso de gordura ruim no corpo é a má alimentação. Deus me disse que nossa corrida espiritual é igual. A gordura pode ser comparada ao pecado e às demais coisas que nos atrapalham, e nos fazem ter um ritmo mais lento e um desempenho abaixo do que poderíamos ter se estivéssemos com a alimentação adequada unida com os exercícios, pra ganharmos resistência espiritual e conseguir concluir nossa corrida com êxito. O fruto que o pecado produz é um processo, não vem de uma vez. Geralmente vamos cedendo aos apetites da nossa carne e nos alimentamos de coisas que lá na frente vão produzir "gordura espiritual" (culpa, condenação, sentimentos de impotência contra o pecado, e tantos outros embaraços que podemos aplicar pessoalmente às nossas vidas), do mesmo jeito que ocorre no plano físico. Assim como um processo de emagrecimento não é facil, tampouco é espiritualmente. Quem quer emagrecer sofre no seu corpo, pois precisa abrir mão de varias coisas que está acostumado e mudar hábitos antigos. Então, pra perder esse "excesso de peso e gordura espiritual", é necessário antes de tudo uma decisão firme de mudança, reeducação alimentar e muita disciplina. Comer com responsabilidade, escolhendo bem os meus alimentos. Nada de besteiras e açúcar, coisas que dão prazer à minha carne, que me fazem sentir bem, mas não me ajudam nesse processo. Acredito eu que é nesse ponto que entra o jejum, pra tirar da minha "alimentação" todos os excessos, as coisas que são prazerosas mas não são saudáveis. Depois de me alimentar com o pão da vida, com a agua da palavra e cortar os excessos, tenho que decidir exercitar meu corpo, queimar a gordura, sabendo que terei de ser perseverante nesse processo, muitas vezes terei que parar pra descansar e depois continuar. Descansar na presença do meu amado Jesus pra receber o refrigério e renovação, descanso pra minha alma. Não posso esquecer de levar água pra me hidratar, me dar mais energia, condição de correr e resistir um pouco mais. Esperança, a água da palavra de Deus, que me lembra quem sou, que me dá esperança e condições de ir mais longe. Esse processo acontece todos os dias na nossa vida, é constante. Teremos que escolher correr ou relaxar, nos alimentar com besteiras ou com o que nos dará energia e sustentará o ritmo da corrida. E não menos importante que tudo isso, precisamos da ajuda dos outros, de amigos que corram junto. Lembra quando disse que estava correndo junto com um amigo? Pois é. Você pode correr sozinho, mas como é bom ter a companhia de alguém que participa desse processo contigo. Te incentiva, ajuda, exorta e te dá a oportunidade de exercer isso na vida dele também! Como anda sua corrida?
Postar um comentário